sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Escansão poética

1. Contagem das sílabas métricas:

a) só contaremos até a última sílaba tônica de um verso.

1 2 3

Tal / a / chu / va

1 2 3

Trans / pa / re / ce

1 2 3

Quan / do / des / ce

(va/ce/ce - são as sílabas átonas e não entram na contagem poética)

b) Quando em um verso uma palavra terminar por vogal átona e a palavra seguinte começar por vogal ou H (que não tem som, portanto não é fonema, mas uma simples letra), dar-se-á uma elisão.

A/mo/-te, ó/ cruz/ no/ vér/ti/ce/ fir/ma/da

De es/plên/di/das/ i/gre/jas.

c) Sinérese: é a fusão de dois sons num só dentro da mesma palavra.

Lan/ça a/ poe/si/a

d) Diérese: o contrário da sinérese. Separa em sílabas distintas dois sons vocálicos dentro de uma mesma palavra.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Deus/ fa/la/, quan/do a/ tur/ba es/tá/ qui/e/ta

e) Hiato: é o contrário da elisão. Separa-se de dois sons interverbais (a sinérese e a diérese são intraverbais; a elisão e o hiato são interverbais). Conferir elisão e hiato no exemplo à seguir:

E/ va/ ga

Ao/ lu/ ar

Se a/pa/ga

No / ar.

2. Classificação do verso quanto ao número de sílabas:

a) Isométricos: são os versos de uma só medida. São classificados como:

  • monossílabos
  • dissílabos
  • trissílabos
  • tetrassílabos
  • pentassílabos (ou redondilha menor)
  • hexassílabos (heróico quebrado)
  • heptassílabos (redondilha maior)
  • octossílabos
  • eneassílabos
  • decassílabos (medida nova)
  • hendecassílabos
  • dodecassílabos (ou alexandrinos)

3 comentários:

Helio Tadeu Moscatelli disse...

Edinho muda a cor desse Blog... Vamos melhorar isso ae pq assunto vc tem de monte.... interessante..

Vida disse...

Concordo com o Hélio.
Apesar desse assunto me interessar, as cores do blog não facilita a leitura e compreensão do que está sendo escrito...

R V ROMAGNOLI disse...

Muito bom!!